sábado, 11 de setembro de 2010

Futebol:O fim da alegria


Chegou ao fim o estado de graça de Jesus. Após um primeiro ano absoultamente fantástico, com o tão desejado campeonato nacional e uma taça da liga, bem como uma razoável prestação na Liga Europa, este inicio de época deitou por terra as expectativas encarnadas de revalidação do título. Estamos na 4º jornada do campeonato e o Benfica em 4 jogos, venceu apenas 1, tendo perdido os restantes 3 encontros. Situação já há muito não vista pelos benfiquistas, que mesmo nas épocas que acabaram por ser bastante negras, não tiveram um inicio tão fraco. Veja-se que os encarnados estão neste momento em 11º Lugar, com possibilidade de descida na classificação após os restantes jogos serem realizados.

Existem vários factores que podem explicar esta quebra de rendimento da nossa formação de uma época para a outro. Em primeiro lugar, a saída de três elementos chave: Quim, Ramires e Di Maria e a falta de substitutos á altura para desempenharem essas funções (Roberto tem sido uma desgraça, Gaitan teima em não explodir, Savio chegou á pouco tempo. Em segundo lugar, a preparação da época que foi bastante condicionada pelo mundial de futebol, onde o Benfica teve bastante representado. Repara-se que os Encarnados tiveram jogadores a chegar apenas uma semana antes do inicio das competições oficiais. Por último, e não menos importante, alguns erros de arbitragem que influenciaram os resultados da equipa.

E é este último ponto que quero focar em especial. É verdade que temos sido prejudicados num ou noutro jogo, com erros bastante flagrantes. Mas isso não pode servir de desculpa para as derrotas. Não é possivel mascarar a falta de eficácia dos avançados, o desacerto do meio-campo e a falta de tranquilidade da defesa. Considero normal esta tática, que essencialmente serve para tirar a pressão dos ombros do plantel e atira-la para os árbitros, esses que têm costas bem largas. Lá se aguenta o povo mais uma semana com a desculpa de que a culpa foi do senhor do apito. O problema é que esta situação já foi vista vezes e vezes sem conta, até no mandato do senhor Luís Felipe Vieira.

Uma coisa que admirei muito na estrutura do ano passado (e que se manteve) foi o boicote completo aos comentários sobre arbitragem, coisa que eu acho que deveria continuar a ser feita. O adepto benfiquista é capaz de perceber, como eu hoje fui, que o árbitro estava claramente a inclinar o campo. Sete foram os cartões amarelos aos jogadores do Benfica, dois fora-de-jogo mal assinalados que dariam a Saviola e Cardozo caminho aberto para a baliza e outros dois penaltis clarissimos por assinalar.

Findo este desabafo, quero apenas pedir á estrutura do Benfica que se concentre, como fez na época transata, na equipa de futebol e deixe essas questões que não os levarão a lado nenhum. Estamos numa situação muito dificil, mas obviamente não deixamos de acreditar. E Terça-Feira há Champions!

Análise detalhada ao jogo Vitória de Guimarães-Benfica amanhã neste mesmo blog Bancada da Luz.

1 comentário:

  1. Na minha opinião, temos todos que nos unir contra o sistema, e nem que seja através de SPAM, inundar tudo e todos a alertar para esta corrupção!
    Agora, não vejo pressão como no ano passado, o JJ (que espero fique para sempre no SLB) tem um defeito: jogadores com lugar cativo. Não entendo como o Cardozo continua a jogar, uma nulidade completa, o que é habitual, sendo a diferença que no ano passado marcava... certo, é crucial, mas a verdade é que tirando isso o Cardozo é uma total nulidade.
    O Javi anda meio amorfo, ponham o trinco brasileiro!
    O Maxi anda muito mal, ponham o Ruben Amorim. O Saviola anda sem o poder do ano passado, ponham o N.Gomes, o Jara, sei lá!
    O Fernando Santos tinha sempre o mesmo 11, mas só tinha mesmo 11. O JJ tem 20!
    Mas pessoal, temos que ter força e mostrar que somos realmente benfiquistas e continuar a apoiar a equipa, não é ser-se benfiquista só em anos como no anterior.
    FORÇA BENFICA E STOP À CORRUPÇÃO E AO APOIO DA IMPRENSA

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...